top of page

Superação de Dicotomias

Atualizado: 17 de jan. de 2023


Um poema em nome de uma compreensão biopsicossocial e sistêmica do ser humano e da sociedade, compreendendo os fenômenos em toda a sua complexidade:


Para além do bem e do mal, o ético;

Para além do certo ou errado, o justo;

Para além do igual ou desigual, o equitativo;

Para além da mente ou cérebro, a interação plástica;

Para além do genético ou ambiental, o epigenético;

Para além do racional ou emocional, o ser racional afetivo;

Para além de alma ou corpo, a transcendência em vida;

Para além de idealismo ou empirismo, construcionismo;

Para além da ciência ou espiritualidade, a descoberta dos mistérios;

Para além de guerra ou paz, diplomacia;

Para além de esquerda ou direta, diálogo e construção;

Para além do opressor ou do oprimido, cooperação;

Para além da autonomia e independência ou intimidade, a co-construção;

Para além do Eu ou do outro, interação;

Para além do Sujeito ou Objeto, dialogia;

Para além do passado ou futuro, o presente.

Que abraçamos a complexidade pois o todo é sempre muito mais que a soma das partes


Ana Lúcia Senise


22 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page